A palavra logística ainda está muito relacionada ao gerenciamento dos processos de transporte e entrega de produtos. Mas esta é uma definição muito limitada quando se fala de algo tão abrangente. Além destas etapas externas de movimentação de mercadorias, existe também, e não menos importante, os processos internos de processamento de produtos, estoques e pedidos: a intralogística.

Definição de intralogística

        A intralogística é chamada por muitos de arte de automatizar, gerenciar, otimizar, integrar e executar o fluxo logístico de produtos que acontecem dentro das paredes de um centro logístico ou armazém.

         Com uma boa administração intralogística, o fluxo de mercadorias dentro de um depósito será realizado do jeito correto, visando a profissionalização dos processos logísticos e garantindo a assertividade de todas as etapas que envolvem da armazenagem à expedição de mercadorias, reduzindo retrabalhos e operações reversa para correção de erros.

         Este processo engloba desde o recebimento do produto ao armazenamento e linha de produção, que faz com que o escoamento e estoque de insumos seja facilitado de maneira eficiente. Isso tudo por meio de alimentação do sistema integrado ao processamento dos produtos que ajuda o fluxo e toda a cadeia de procedimentos.

Intralogística e sua importância para um bom negócio

         A intralogística pode oferecer grandes diferenciais estratégicos, podendo aumentar a rapidez dos processos e do valor de um negócio. O tempo é muito precioso dentro do mercado e atrasos podem influenciar na perda de recursos, clientes e aumento do prejuízo. Com um sistema de logística integrado ao armazém, é possível solucionar os problemas e atender às necessidades da empresa, eliminando etapas desnecessárias e aumentando a eficiência do processamento do armazém.

         Audrey Slomp, uma das fundadoras da SHL Fulfillment – empresa que realiza serviços de intralogística para e-Commerces, comenta: “Sem uma logística interna organizada é impossível ter um resultado positivo. As áreas de gestão, vendas e logística se encontram dentro do armazém, e se não estiverem em perfeito equilíbrio podem comprometer o crescimento e a credibilidade do negócio.”

Como funciona a intralogística

         Por meio de análises, serão identificadas etapas que podem ser otimizadas, pontos falhos do serviço e possibilidade de economia, que influenciam diretamente a satisfação do cliente e podem ajudar na fidelização.

         Mesmo armazéns de pequeno a médio porte, podem e devem usar da intralogística, visto que suas estruturas são semelhantes, assim as mudanças e adaptações podem ser facilmente implementadas de acordo com as necessidades de cada negócio.

         Audrey Slomp diz que “para ser efetiva a gestão e o planejamento devem estar bem definidos. Por isso, conhecer as características de um negócio é essencial para identificar quais etapas precisam ser seguidas. Apenas identificando as necessidades e dificuldades da empresa é que se torna possível estabelecer as ações de intralogística”.

As vantagens da intralogística para uma empresa

         Veja uma lista de benefícios que uma empresa pode alcançar utilizando da intralogística para atualizar seus processos e organização.

  •     Aumento da produtividade por meio do aproveitamento máximo do tempo e recursos acessíveis, mapeamento dos processos e soluções que visam otimização de cada área para suprir as necessidades.
  •     Otimização dos processos, com maior agilidade e foco no que importa para a empresa, pensando no aproveitamento útil dos recursos e tempo.
  •     Melhorias na infraestrutura identificando a qualidade dos materiais disponíveis para realização dos processos de transporte, que afetará nos demais procedimentos, e identificando pontos prejudiciais que devem ser melhorados, de forma a ajudar a melhorar os serviços e a movimentação interna mais fluída. 

A intralogística é então o termômetro de equilíbrio entre gestão, vendas e logística, a partir dela uma empresa poderá gerenciar o recebimento e conferência dos materiais necessários, realizar o deslocamento dos materiais até suas áreas de armazenagem, lançar os produtos no sistema e no estoque e também armazenar de maneira correta todos os itens, dispondo assim de melhores resultados em seu negócio.